Destaque

600 crianças carentes de comunidades e instituições de Salvador serão atendidas pela Obra Lumen no próximo sábado (8)

[Clique na imagem para ampliar]
600 crianças carentes da capital baiana terão um dia diferente no próximo sábado, 8 de dezembro. Nesta data, das 13h às 17h, elas participarão de atividades lúdicas e de momentos de oração centrados na figura do Menino Jesus. Realizada pelo quinto ano consecutivo, a iniciativa é da Obra Lumen de Evangelização, com a ajuda de 300 voluntários, e acontecerá no Colégio Nossa Senhora das Mercês (Avenida Sete de Setembro, 1105, Centro de Salvador). O objetivo principal é estimular a solidariedade e despertar na sociedade a importância de pequenos gestos de amor ao próximo.

Além das brincadeiras, os 600 meninos e meninas que participarão do Natal Branco Lumen receberão, ao final do dia, um brinquedo novo, uma cesta básica e um kit de higiene pessoal, tudo custeado por “padrinhos de natal”, que são pessoas previamente cadastradas e que realizam a doação. Neste ano de 2018, crianças de diversas comunidades e de escolas confessionais carentes da capital serão atendidas pelo projeto (Escola São Miguel, Centro Nossa Senhora Aparecida, Escola Nossa Senhora das Graças, Escola Capela São José, Colégio Santa Ângela e Paróquia São João Batista).

Natal Branco Lumen

Embora aconteça pela quinta vez em Salvador, o Natal Branco Lumen já é realizado há 24 anos pela Obra Lumen de Evangelização, na cidade de Fortaleza, Ceará. Inicialmente apenas 25 famílias eram atendidas pelos membros do projeto, que se dirigiam para um viaduto de uma região da periferia da capital cearense para encontrar moradores de rua. Com o passar do tempo o projeto foi crescendo e atualmente contempla cerca de seis mil crianças, não só de Fortaleza, mas de mais de 20 cidades do país, como Rio de Janeiro, Brasília, João Pessoa e Salvador.

O Projeto, apesar de ser uma empreitada pontual, não constitui mais um simples evento de Natal, como tantos outros que são realizados nesta época do ano, não possuindo caráter meramente assistencialista. Seu maior objetivo é lançar sementes de solidariedade na sociedade e buscar conscientizar os voluntários que nele se envolvem, a partir do contato destes com a realidade daqueles que passam por necessidades materiais e emocionais. “É desejo de nós, da Obra Lumen, que, a partir desse evento pontual, mais projetos perenes passem a ser realizados aqui em Salvador. Muitos dos voluntários se sentem, a partir desse evento, desejosos de promover ações não somente uma vez por ano, ou mesmo poucas vezes, mas de fazer isso sempre”, afirma o coordenador geral do Natal Branco Lumen, Victor Rodrigues.

Como fruto da ação realizada no período natalino nasceu, em Salvador, o projeto “Alegrai-vos”, que conta com dezenas de voluntários que, vestidos de palhaços, levam uma vez por mês alegria às crianças internadas no Hospital Santo Antônio, das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), e no Martagão Gesteira. Já em Brasília, a partir do Natal Branco Lumen, pessoas da capital do país passaram a estar, todos os sábados, na comunidade que rodeia o chamado lixão da estrutural, desempenhando um belíssimo trabalho com as crianças que lá residem.

É notório, também, o caso de Fortaleza, local sede da comunidade, onde, em parte também pelo Natal Branco Lumen e pelos esforços do setor de Ação Social Lumen, que hoje, cerca de 30 projetos são empreendidos ao longo do ano, nas mais diversas frentes. Os serviços vão desde trabalhos preventivos e contra as drogas, com mais de mil crianças que são acompanhadas semanalmente pelos projetos catequéticos nas diversas comunidades carentes, bem como à ressocialização e recuperação de pessoas de rua e usuários de drogas.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário