Mundo Notícias

Padre Tibúrcio Arnáiz Muñoz beatificado na Espanha

O cardeal Giovanni Becciu, prefeito da Congregação das Causas dos Santos, presidiu em nome do Papa na manhã deste sábado em Málaga, Espanha, à Santa Missa de Beatificação do sacerdote professo da Companhia de Jesus, Tibúrcio Arnáiz Muñoz.

Biografia

Padre Tibúrcio nasceu em Valladolid, em 11 de agosto de 1865. Foi ordenado sacerdote naquela diocese, em 20 de abril de 1890. Durante três anos, trabalhou como pároco nas cidades espanholas de Duero e Ávila e concluiu o doutorado em Teologia na Diocese de Toledo, em 1896.

Com o falecimento da sua mãe, ele e sua irmã Gregória, decidiram dedicar-se à vida religiosa. Desta forma, ele entrou para a Companhia de Jesus, em Granada, e ela para o Convento Dominicano, onde Tibúrcio era sacristão, em 1902.

Depois de dois anos de Noviciado, o jovem concluiu seus estudos em Filosofia e Teologia e começou a pregar Exercícios Espirituais a sacerdotes e missões populares nas cidades vizinhas de Granada.

Em 1911, na cidade de Loyola, frequentou a Terceira Provação – um semestre de oração e estudos das Constituições da Companhia de Jesus, em preparação aos Votos Perpétuos.

Em 1912, em Málaga, exerceu seu apostolado por 14 anos consecutivos, dedicando-se à direção espiritual dos fiéis e à difusão da devoção ao Coração de Jesus; visitava os doentes nos hospitais e os presos nos cárceres.

Entre as suas obras apostólicas mais conhecidas, destaca-se o trabalho com os “Corralones”, habitantes de casebres muito pobres da periferia da cidade, onde criou uma pequena escola; mas a obra do Jesuíta chegou até às aldeias e fazendas longínquas, que não conheciam a cultura e a fé cristã. Ali, ele implantou as chamadas “Doutrinas Rurais”, ainda hoje lideradas por um grupo de mulheres.

Acometido por uma forte pneumonia, Padre Tibúrcio Muñoz Arnáiz faleceu em Málaga em 18 de julho de 1926, onde é muito venerado pelos fiéis.

Fonte: Rádio Vaticana

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário