Mundo Notícias

Papa Francisco aos jovens: transformar a família caribenha

O Papa Francisco enviou uma videomensagem na tarde deste domingo à Assembleia trienal dos jovens, organizada pela Conferência Episcopal das Antilhas. É a Jornada Caribenha da Juventude que se realiza de 10 a 23 de julho na Arquidiocese de St. Pierre & Fort-de-France, com o tema “Os jovens transformam a família caribenha”. No centro das reflexões, a Exortação Apostólica Amoris Laetitia.

Na mensagem de vídeo, divulgada neste domingo (15/07), o Papa Francisco convida os jovens a transformar a família caribenha.

“Trabalho bonito! Se vê que vocês têm garra e querem lutar. Vão em frente! É um tema desafiador, vocês são jovens, porém me pergunto: são jovens ou jovens envelhecidos? Porque se são jovens envelhecidos não poderão fazer nada! Têm de ser jovens “jovens”! Com toda a força da juventude para transformar. E a primeira coisa que devem fazer é ver se estão “acomodados”. Não! Se estão acomodados, a coisa não vai. Têm de desacomodar os que estão acomodados e começar a lutar”, ressalta Francisco.

“Vocês querem transformar, querem levar adiante e fizeram suas as diretrizes da Exortação pós-sinodal sobre a família para levar adiante a família, transformar a família do Caribe. Levá-la adiante hoje para amanhã, ou seja, no presente para o futuro. E hoje, vocês, para entender o presente, tem que saber descrevê-la, saber entendê-la para enfrentar o amanhã. No caminho de hoje para amanhã vocês precisam da doutrina sobre a família e a encontram no quarto capítulo da Exortação: ali está o núcleo”, frisa o Papa, convidando os jovens a olharem para esse núcleo a fim de progredir.

“O hoje e o amanhã”, disse Francisco, afirmando que também temos o ontem.

“Não se pode olhar para o amanhã sem olhar para ontem. Não se pode olhar para o futuro sem refletir sobre o passado. Vocês se preparam para transformar algo que lhes foi dado por seus antepassados. Vocês recebem a história de ontem e recebem as tradições de ontem. Vocês têm raízes e nisso quero me deter um minuto: não se pode fazer nada no presente, nem no futuro, se não estiverem arraigados no passado, na sua história, na sua cultura, na sua família; se não tiverem as raízes bem plantadas dentro. Da raiz vocês terão a força para continuar. Todos nós e vocês, não fomos fabricados num laboratório, temos essa história, essas raízes. O que fazemos, os frutos que damos, a beleza que podemos fazer no futuro, vêm dessas raízes”.

O Papa recorda um poeta, na mensagem de vídeo, que conclui seu grande poema com este verso: “‘Tudo o que a árvore tem de florido, vem do que está  enterrado’. Sempre olhem para trás vocês também, para ter raízes, olhem para seus avós, olhem para seus pais e falem com eles, peguem tudo isso e os leve adiante. Transformado, mas ali vocês têm as raízes, a força para transformar a família. É uma tensão transformadora. Não se pode transformar sem tensão”.

“Eu lhes disse que o núcleo da Amoris laetitia é o quarto capítulo. Como viver o amor. Como viver o amor da família. Conversem entre vocês sobre o quarto capítulo. Nele vocês encontrarão muita força para seguir em frente e fazer a transformação. E não se esqueçam de uma coisa: que o amor tem sua força própria. O amor tem sua força própria. O amor não termina nunca”.

Fonte: Rádio Vaticana

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

ORAÇÃO POR UM DIA FELIZ

REVISTA