Arquidiocese Galeria de fotos

Procissão e Missas marcaram as homenagens à Nossa Senhora Aparecida no Imbuí

Milhares de devotos participaram, durante todo o dia de hoje (12), das missas em homenagem à Nossa Senhora Aparecida. No Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora da Conceição Aparecida, no Imbuí, as Celebrações Eucarísticas aconteceram às 6h30, 9h30, 12h e 15h.

Por volta das 16h teve início a tradicional procissão com a imagem jubilar, enviada em 2016 pelo Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida, por ocasião das comemorações pelos 300 anos do encontro da imagem original nas águas do Rio Paraíba do Sul. Na Arquidiocese de Salvador, a imagem jubilar percorreu todas as foranias e paróquias.

Ao lado da filha Aimêe, Maria Gomes agradeceu a intercessão de Nossa Senhora Aparecida

Para agradecer por uma graça alcançada, Maria Gomes Rodrigues da Silva todos os anos participa das homenagens à Nossa Senhora Aparecida ao lado da família. Pertinho dela estava a filha caçula, Aimêe Aparecida Rodrigues da Silva, que recebeu o nome da Virgem Mãe de Deus. “Esta minha filha foi deixada com 13 dias de nascida na porta da minha casa. Agradeço a Nossa Senhora Aparecida por nos ter dado ela de presente; nós a consagramos à ela e, de lá para cá, nós temos recebido muitas graças”, afirmou Maria.

No meio da multidão estava o devoto Pedro dos Santos, que já havia participado da missa, pela manhã, e para agradecer por uma promessa também participava da procissão. “Nossa Senhora Aparecida é a minha mãe, é a nossa mãe. Eu já recebi tantas graças pela intercessão dela que eu só posso agradecer”, disse.

No Santuário, milhares de fiéis pediram e agradeceram a Nossa Senhora Aparecida

Após percorrer a Praça do Imbuí, a procissão chegou ao fim e a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi conduzida pelas mãos do bispo auxiliar, Dom Estevam dos Santos Silva Filho, até o altar. Pela nave central do Santuário, os devotos estendiam as mãos para tentar, ao menos, tocá-la. “Eu estou tão, mas tão emocionada que eu não sei nem o que falar”, disse a devota Maria da Conceição Santos.

Para encerrar os festejos, Dom Estevam presidiu a Missa Solene. “Nós nos sentimos unidos com todo o Brasil. Por ela ser a nossa padroeira, nos sentimos uma família, principalmente neste tempo que precisamos nos unir mais para tomar tantas decisões como, por exemplo, este mês escolher o nosso presidente. Então, nada melhor do que nos reunir na Casa da Mãe e pedir discernimento e pedir conselho e iluminação; e, ao mesmo tempo, aumentar o nosso compromisso neste Ano do Laicato, de ser sal da terra e luz do mundo”, disse Dom Estevam.

Confira fotos!

Fotos: Sara Gomes

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário