Arquidiocese Galeria de fotos Notícias

Simpósio do Apostolado da Oração reuniu mais de 500 pessoas na Cúria Metropolitana

Arcebispo de Diamantina, Dom Darci José Nicioli conduziu duas conferências e presidiu a Missa de encerramento

Mais de 500 membros do Apostolado da Oração da Arquidiocese de Salvador estiveram reunidos, neste sábado (29), durante o II Simpósio Arquidiocesano de Apostolado. Com o tema “Evangelho, Eucaristia e missão”, o evento aconteceu no auditório Dom Geraldo Majella Agnelo, localizado na Cúria Metropolitana de Salvador (Garcia).

A abertura do Simpósio aconteceu às 8h com as boas-vindas do assistente eclesiástico, padre Valson Sandes. Em seguida, o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, falou aos participantes sobre a presença positiva do Apostolado da Oração nas paróquias onde ele passa. Dom Murilo destacou que os membros do Apostolado devem ter o ensino e a prática da oração e esta oração deve ser ligada à vida, além de serem testemunhas fiéis da Eucaristia.

Auditório Dom Geraldo Majella Agnelo ficou lotado

Na ocasião, Dom Murilo também falou sobre a importante missão do AO: “Eu penso que o grande papel de vocês é a promoção da família. É na família que a maioria de nós aprendeu a amar o próximo. Para o Apostolado da Oração a expressão mais forte é a que carinhosamente chamamos de Coração de Jesus; e com este título, Jesus quer acentuar a misericórdia. Misericórdia não é uma palavra de moda, mas é uma resposta de amor ao mundo”, afirmou.

De acordo com o assistente eclesiástico do AO na Arquidiocese de Salvador, padre Valson Sandes, o objetivo do simpósio é suscitar nos membros do Apostolado um desejo novo. “Queremos recriar e reanimar o trabalho evangelizador, voltado para fortalecer a missão; e em nossa Arquidiocese se torna ainda mais comprometedor porque o nosso Arcebispo está nos oferecendo a Igreja do Passo, recém- restaurada, para que seja a nossa desse”, disse.

“Eu tenho um pedido: sejam fiéis ao Sagrado Coração de Jesus. Ninguém escolheu ser do Apostolado da Oração. Foi o Coração de Jesus que escolheu você, porque Ele sabe o quanto nós precisamos Dele e porque Ele nos ama e o amor não tem explicação”, disse Dom Murilo.

Logo após a abertura, foi lançado o livro “O Apostolado da Oração na Bahia, da autoria do escritor Alan Figueiredo.

A primeira palestra do dia foi conduzida pelo Arcebispo de Diamantina, Dom Darci José Nicioli que reforçou aos membros do AO a missão abraçada: “vocês fazem parte do Ministério Petrino do Papa Francisco”, afirmou recordando que fazer parte do Apostolado da Oração é pertencer ao Sagrado Coração de Jesus.

Após o almoço os participantes acompanharam mais uma formação, desta vez conduzida pelo bispo emérito da Diocese de Itabuna, Dom  Ceslau Stanula, que recordou alguns pontos importantes para quem pertente ao AO: oração, oferecimento diário, Eucaristia e rezar pelas intenções do Papa. “Vocês são do Apostolado, vocês são do coração e devem estar sempre em oração, fazendo o oferecimento diário e rezando pelas intenções do Papa.

O Simpósio foi encerrado com a Missa, presidida por Dom Darcy Nicioli.

Fotos: Sara Gomes

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário