Últimas Notícias

Você está aqui: Capa / Formação / Um mês inteiro com Maria: Nossa Senhora da Piedade

Um mês inteiro com Maria: Nossa Senhora da Piedade

nossa-senhora-da-piedade2Voltamos nosso olhar hoje para Nossa Senhora da Piedade. Ela que carrega o filho morto em seus braços simbolizando as dores do mundo inteiro. Na Arquidiocese de Salvador há uma paróquia e um santuário dedicados a devoção à Nossa Senhora da Piedade. O santuário da Piedade dá nome a praça localizada no centro da capital baiana e foi construído há mais de 300 anos. A paróquia está localizada no bairro de Maçaranduba e foi criada em 1976.

História da Devoção

A expressão mais antiga da devoção a Nossa Senhora da Piedade foi encontrada em Portugal: uma pintura de Nossa Senhora, assentada ao pé da cruz, com o Filho morto nos braços, que pertenceu a uma Irmandade já existente antes de 1230 e foi encontrada no claustro da Sé, em Lisboa. Essa imagem inspirou muitos corações para fazer o bem. 

Portugal foi o berço de onde se espalhou a devoção da Virgem da Piedade, para todo o mundo. Diante das tribulações muitos se identificaram com as dores de Maria e assim elevavam suas súplicas à Senhora da Piedade, onde encontravam conforto e esperança naquela que a muito havia sofrido.

A arte apropriou-se da fé e da devoção para expressar em riqueza de detalhes a confiança filial do povo em Maria, a Senhora da Piedade. No auge do renascimento, Michelangelo esculpiu com singular perfeição a imagem da Pietá que se destacou pela beleza e profundidade da expressão religiosa. O autor manifestou em ambas as faces, a antítese da máxima dor e serenidade. 

A Pietá, muitas vezes, não nos deixa perceber o tema que foi sua primeira inspiração. Não nos reporta somente à ideia de refletir as dores de Maria e a morte de Jesus. Ela não congela uma cena estática, pois transcende à reflexão da perda. Ora se revela e ora se faz mistério. Vai além dos grandes questionamentos da existência humana: vida e morte. 

Na expressão de Nossa Senhora da Piedade, Maria não está somente com seu filho nos braços, Ela carrega consigo duas grandes paixões: Cristo e a humanidade. Nesta atitude de acolhida e presença, convoca o indivíduo para a fraternidade, e nos faz crer que da dureza da cruz emana o mais nobre gesto de afeto e partilha.

A Senhora da Piedade nos ensina que ter piedade é querer e desejar a presença de Deus, é trazer para próximo Dele os Seus filhos. Mais do que preceito de cuidar do Templo-pedra, o que importa é cuidar do humano, para que este se assemelhe ao divino.

Quando os portugueses vieram para o Brasil, além dos sonhos de explorar novas e ricas terras, trouxeram seus costumes e suas crenças. Uma das belezas que deles herdamos foi a devoção à Senhora da Piedade, que tomou grande extensão no território brasileiro e conquistou seu espaço em meio aos corações sofredores. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


Cúria Metropolitana Bom Pastor - Av. Leovigildo Filgueiras, 270 - Garcia, CEP: 40.100-000 - Salvador -Ba. Tel.: (71) 4009-6666 | contato@arquidiocesesalvador.org.br
Scroll To Top