Últimas Notícias

Você está aqui: Capa / Brasil / Dia Internacional da Contabilidade celebra uma das profissões mais importantes do mundo

Dia Internacional da Contabilidade celebra uma das profissões mais importantes do mundo

A contabilidade, ciência que mede a realidade econômica de uma organização a fim de planejamento e controle adequados das finanças de entidades, está mais presente no dia a dia das pessoas do que se imagina. Ela não está voltada somente para fazer grandes análises financeiras nas organizações mas também está ligada diretamente à análise financeira de cada cidadão.

Como uma das profissões mais importantes do mundo, a contabilidade, tem seu Dia Internacional comemorado nesta sexta-feira (10). A maioria das pessoas pode não se dar conta, mas a contabilidade está presente não apenas nas práticas das empresas, mas também na vida da Igreja no Brasil e no mundo.

“O papel do contador é conciliar/mediar os objetivos e as práticas das atividades institucionais com as normas técnicas e exigências fiscais, criando assim um canal de comunicação padrão com os órgãos fiscalizadores e outras instituições”, explica o encarregado da contabilidade da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Adriano Sales.

É através do trabalho da contabilidade que as finanças das arqui/dioceses, paróquias, instituições religiosas são gerenciadas. Já que toda empresa, seja religiosa ou não, tem a obrigação legal de prestar contas para os governos seja federal, estadual ou municipal, daquilo que recebe e daquilo que gasta. É a partir deste levantamento, que é extraída a base de cálculo para o pagamento dos tributos.

Para o ecônomo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) monsenhor Nereudo Freire Henrique, é preciso reconhecer a contabilidade como ciência que trabalha a variação do patrimônio das empresas e ou entidades. “A contabilidade registra os fatos de variação patrimonial seja no campo financeiro ou patrimonial. É através da contabilidade que é possível fazer uma fotografia de como anda o patrimônio de uma empresa ou instituição religiosa”, destaca.

Conselho Federal de Contabilidade – No Brasil, segundo o Conselho Federal de Contabilidade, já são mais de 334 mil contadores e quase 194 mil técnicos em contabilidade em atividade. Os dados são atualizados mensalmente pelo órgão. Essa data comemorativa internacional marca a data da publicação do livro do monge Franciscano e matemático italiano, Luca Bartolomeo de Pacioli, que é considerado o “Pai da Contabilidade Moderna”.

Segundo o site Só Contabilidade, em 10 de novembro de 1494, Pacioli foi primeiro a escrever no livro “Summa de Arithmetica, Geometria, Proportioni et Proportionalità” (Conhecimentos de Aritmética, Geometria, Proporção e proporcionalidade), no capítulo “Tratactus de Computis et Scripturis” (Contabilidade por Partidas Dobradas), o famoso Método das Partidas Dobradas.

Na obra, ele enfatiza que a teoria contábil do débito e do crédito corresponde à teoria dos números positivos e negativos. Este método teve rápida difusão, sendo universalmente aceito e adotado desde esta época. No Brasil, o registro histórico mostra que já em 1500 com a descoberta, o país já iniciava os primeiros passos da história da área de contabilidade. Mas foi somente no século XVIII, no ano de 1770, que foi criada a primeira regulamentação da profissão contábil no Brasil, segundo o portal da educação.

A página, relata que esta regulamentação foi expedida por Dom José, rei de Portugal, onde exigia obrigatoriamente o registro de matricula daqueles que trabalhavam na área. Neste momento o profissional contábil recebia o nome de guarda-livros, termo este que foi utilizado até a metade dos anos de 1970. No ano de 1870, é realizada a primeira regulamentação do Brasil para a profissão contábil, através do Decreto Imperial n°4.475. Sendo assim a profissão de Guarda-Livros é avaliada como a primeira ocupação liberal regulamentada no Brasil.

Brasil

No Brasil, a data é celebrada no dia 25 de abril e foi instituída, em maio de 1926, por João de Lyra Tavares, patrono dos profissionais da contabilidade. Em 2010, por força da Lei n.º 12.249 – uma das grandes conquistas da categoria – , o termo “contabilista” foi extinto e passou-se a adotar a terminologia “profissional da contabilidade”, referindo-se aos técnicos e contadores.

Fonte: CNBB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


Cúria Metropolitana Bom Pastor - Av. Leovigildo Filgueiras, 270 - Garcia, CEP: 40.100-000 - Salvador -Ba. Tel.: (71) 4009-6666 | contato@arquidiocesesalvador.org.br
Scroll To Top