Destaque

Solenidade do Sagrado Coração de Jesus reuniu membros do Apostolado da Oração e do MEJ na Igreja Nossa Senhora da Piedade

No dia em que a Igreja celebra a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, membros do Apostolado da Oração dos mais de 100 centros na Arquidiocese de Salvador participaram da Missa Solene presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. A Celebração Eucarística aconteceu na Igreja Nossa Senhora da Piedade, no Centro de Salvador.

Durante a homilia, Dom Murilo falou sobre o amor de Deus e sobre a importância de cada ser humano para o Coração de Jesus. “De tantas e tantas maneiras, a humanidade se afasta, como o povo de Israel. No entanto, Deus não desiste de amar o Seu povo. Se Deus nos criou por amor para pertencermos a Ele, como é que vai ficar indiferente diante da nossa situação? Esse amor misterioso de Deus, no Novo Testamento, é nos revelado como Paixão infinita pelo ser humano. Deus não desanima diante da ingratidão de Seu povo. Enviou Seu filho único. Jesus falou a Nicodemos: ‘Tanto Deus amou o mundo que lhe deu seu filho único’”, afirmou.

A Solenidade do Sagrado Coração de Jesus teve início com o pedido do próprio Jesus quando, em uma das aparições a Santa Maria Margarida de Alacoque, abriu a túnica e mostrou o coração em chamas, dizendo-lhe: “Eis aqui o coração que tanto amou os homens e pelos quais é tão mal correspondido. Pelo menos tu, filha minha, chora pelos que me ofendem, geme pelos que não querem orar, imola-te pelos que renegam e blasfemam contra o meu santo nome. Prometo-te na grandeza do meu amor que abençoarei os lares que neles me hospedem, que os que comungarem durante nove primeiras sextas-feiras seguidas, não morrerão sem receber os sacramentos da penitência e da Eucaristia”.

Logo após a homilia, os membros do Apostolado da Oração, diante da imagem do Sagrado Coração de Jesus colocada próximo ao altar, fizeram a ladainha do Sagrado Coração.

“Eu penso que essa festa quer tocar profundamente o nosso coração para que possamos nos assemelhar ao Coração de Jesus. Nós nunca seremos iguais ao Coração de Jesus, mas nós desejamos que o nosso coração bata no mesmo compasso do Coração Dele. O Coração de Jesus é um coração transparente, sem maldade, totalmente livre, doado. E é isso o que nós precisamos: que o nosso coração também seja irrigado de amor por Deus que se revela no amor que nós temos pela humanidade”, disse o padre Valson Santos Sandes, diretor espiritual do Apostolado da Oração e do Movimento Eucarístico Jovem (MEJ) na Arquidiocese de Salvador.

É também na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus que a Igreja celebra o Dia Mundial de Oração pelo Clero. Dom Murilo conclamou os fiéis a rezarem pelos sacerdotes. “O Coração de Jesus incentiva os seus amigos e amigas a rezarem pelos padres, porque Ele melhor do que ninguém sabe como é importante para a expansão da Igreja o trabalho de padres santos, dedicados, fervorosos. Rezar pela santificação do clero é algo muito bom. Eu incentivo os fiéis a escolherem um sacerdote e a rezar por ele, pensando sempre que ele seja um apóstolo do Sagrado Coração de Jesus”, disse o Arcebispo.

Para o coordenador arquidiocesano do MEJ e assessor do MEJ na Paróquia Bom Jesus dos Milagres, Luan Gonçalves, a oração pelos padres, especialmente no dia da Festa do Sagrado Coração de Jesus, fortalece a Igreja. “Festejar hoje significa que estamos unidos à nossa Igreja, ao nosso clero e queremos rezar para que possamos suscitar novos sacerdotes”, afirmou.

Confira fotos!

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

ORAÇÃO POR UM DIA FELIZ

REVISTA