Uma visita muito especial

Cardeal Dom Sergio da Rocha

Arcebispo de São Salvador da Bahia, Primaz do Brasil

Uma visita de singular importância ocorre em Salvador nos dias 06 e 07 de novembro. Pela primeira vez, o novo Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giambattista Diquattro, visita a Bahia. Ele é o representante do Papa Francisco no Brasil, tendo sido nomeado para este serviço diplomático de máxima relevância dia 29 de agosto de 2020, transferido da Nunciatura Apostólica na Índia. Por isso, a acolhida ao Núncio Apostólico expressa a comunhão da Igreja local com o Sucessor do Apóstolo Pedro, o Papa Francisco.

Ele visita primeiramente Salvador e, logo após, Vitória da Conquista, para entregar o pálio arquiepiscopal aos respectivos arcebispos, o Cardeal Dom Sergio da Rocha e Dom Josafá Menezes da Silva. Um gesto simples, mas de grande significado, ocorre no início da celebração eucarística presidida pelo Núncio Apostólico: a entrega do pálio abençoado pelo Papa Francisco, dia 29 de junho de 2020.

O pálio é uma vestimenta litúrgica que consiste em uma faixa de lá branca de cerca de cinco centímetros de largura, com dois apêndices, um na frente e outro nas costas, e seis cruzes bordadas com lã preta. É recebido por cada arcebispo, após a sua nomeação para uma arquidiocese sede de uma província eclesiástica. Somente o Papa e os arcebispos metropolitanos recebem o pálio, podendo estes utilizá-lo somente na própria Província. Quando transferido para outra arquidiocese, o arcebispo recebe outro pálio. A Província Eclesiástica de São Salvador da Bahia, além da própria Arquidiocese, sede primacial do Brasil, é composta pelas dioceses de Alagoinhas, Amargosa, Camaçari, Cruz das Almas, Eunápolis, Ilhéus, Itabuna e Teixeira de Freitas-Caravelas.

Utilizado somente nas celebrações litúrgicas, o pálio possui um rico significado. Simboliza a unidade com o Sucessor de Pedro, do qual o recebe. Colocado sobre os ombros do arcebispo, representa também a ovelha carregada pelo pastor.

A benção do pálio dos novos arcebispos acontece, anualmente, dia 29 de junho, solenidade de São Pedro e São Paulo, na Basílica de São Pedro, no Vaticano. Desde 2015, o Papa Francisco tem enviado o pálio ao Núncio Apostólico para ser entregue a cada arcebispo, na respectiva Arquidiocese, tão logo possível. Em virtude da pandemia, a Nunciatura Apostólica no Brasil adiou a entrega do pálio aos arcebispos que tiveram seus pálios abençoados em 2020 e 2021.

A visita do Núncio Apostólico no Brasil, independentemente do pálio, é sempre de especial relevância, pelo que ele representa, mas torna-se ainda maior nesta ocasião. Salvador e a Bahia acolhem o representante do Papa no Brasil com imensa alegria e gratidão. Através dele, nós expressamos o carinho, a oração e a profunda gratidão do povo baiano e de todo o povo brasileiro ao Papa Francisco.

*Artigo publicado no jornal A Tarde, em 07 de novembro de 2021.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Assine nossa News

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

Contatos

© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por