Viva a Mãe de Deus e nossa: Missa na Arena Fonte Nova reuniu milhares de fiéis

Milhares de pessoas participaram da Missa na Arena Fonte Nova
Milhares de pessoas participaram da Missa na Arena Fonte Nova

Um estádio de futebol completamente lotado, mas não era por causa de um time. Com os olhares e os corações atentos, todos os que ali estavam queriam mesmo era poder contemplar e, se possível, tocar na imagem jubilar de Nossa Senhora Aparecida, enviada para a Arquidiocese de Salvador pela Arquidiocese de Aparecida, por ocasião dos preparativos para a celebração dos 300 anos do encontro da imagem, que serão completados em 2017.

Por todos os cantos da Arena Fonte Nova, maior estádio de futebol de Salvador, era possível ver a expectativa dos milhares de fiéis que chegavam em grupos enormes e procuravam os lugares mais próximos ao altar. “Eu vim aqui para agradecer a Nossa Senhora Aparecida por todo o carinho, por todo o amor de mãe que ela me dispensa”, disse a dona de casa Maria das Graças dos Santos.

Os portões foram abertos às 13h e logo começou a animação, conduzida no primeiro momento pelo pároco de Santo Amaro de Ipitanga, padre Juraci Gomes de Oliveira, que convidava o povo a louvar a Deus por Maria. “Eu estou muito emocionada com tudo. Tenho muito amor por Nossa Senhora e eu não poderia estar em lugar melhor, se não aqui”, afirmou a devota Adriana Menezes de Sena.

Imagem do Senhor do Bonfim foi conduzida pelo campo
Imagem do Senhor do Bonfim foi conduzida pelo campo

Às 15h todos os olhares se voltaram para as margens do campo. Era o Senhor Bom Jesus do Bonfim que chegava carregado pelos homens da Devoção do Senhor do Bonfim. De ponta a ponta do estádio, todos cantavam o hino dedicado a Jesus: “Glória a Ti neste dia de glória”, entoavam.

A imagem jubilar

Pouco tempo depois da entronização da imagem do Senhor do Bonfim, chegou o momento mais esperado: a entrada da imagem jubilar. Carregada por 16 homens do Grupo de Oração Terço dos Homens (GOTH’s), a imagem foi aclamada com palmas e gritos de alegria. “A nossa Mãe estar aqui é um momento de muita graça para todos nós. Eu estou muito, mas muito emocionada”, disse a devota Ana Carla de Jesus.

59
A lua também marcou presença neste momento importante

No céu, até mesmo a lua, que está sempre associada a Nossa Senhora, apareceu para ver este momento tão lindo, recordando o que diz o livro do Apocalipse, escrito pelo evangelista São João (Ap 12, 1): “Apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida com o sol, tendo a lua debaixo dos pés, e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas”.

Após ser conduzida até o altar, Nossa Senhora Aparecida recebeu a saudação do Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, e dos bispos auxiliares Dom Gilson Andrade da Silva, Dom Marco Eugênio Galrão e Dom Estevam dos Santos Silva Filho. “Nós queremos dizer a Maria que somos muito gratos pela sua presença em nossa cidade, em nossa Arquidiocese, desde 1549, quando começou a cidade e começou a devoção a Nossa Senhora da Conceição da Praia. Depois de tantos séculos de carinho da parte dela para conosco, nós queremos homenageá-la dizendo: ‘Mãe, esta casa é sua, essa cidade é sua porque é do seu filho, essa Arquidiocese e esse estado são seus. Toma conta, intercede por nós”, afirmou Dom Murilo.

Além da terra, foram ofertados o berimbau, símbolo da cultura local, e o cacau e a cocada, que fazem parte da culinária e do plantio em terras baianas.
Além da terra, foram ofertados o berimbau, símbolo da cultura local, e o cacau e a cocada, que fazem parte da culinária e do plantio em terras baianas.

Às 16h teve início a Santa Missa. Padres de diversas paróquias e congregações religiosas também participaram da Celebração Eucarística.

Logo no início, a Irmã Mariana, da Congregação Missionárias da Caridade – fundada por Santa Teresa de Calcutá – e o jovem Romenildo Torres, paroquiano de Nossa Senhora dos Alagados e São João Paulo II, apresentaram a terra retirada em Alagados e que comporá a coroa que será confeccionada pela Arquidiocese de Aparecida com a terra de todas as dioceses do Brasil. “Estou muito feliz, toda a nossa comunidade está muito feliz. Foi Nossa Senhora quem me escolheu, eu nunca esperei isso, estou muito feliz”, afirmou Irmã Mariana.

Durante a homilia, Dom Murilo dirigiu o olhar para a imagem de Nossa Senhora Aparecida e afirmou: “Hoje vou me dirigir a ti, Virgem Aparecida, para falar sobre Deus e o povo!”.
Durante a homilia, Dom Murilo dirigiu o olhar para a imagem de Nossa Senhora Aparecida e afirmou: “Hoje vou me dirigir a ti, Virgem Aparecida, para falar sobre Deus e o povo!”.

Antes do encerramento da Missa, o padre Manoel Filho, comentarista, pediu aos participantes que acendessem as lanternas dos celulares. Os devotos atenderam ao pedido e logo a Arena Fonte Nova ficou totalmente iluminada, numa linda demonstração de carinho à Rainha e Padroeira do Brasil.

Gesto concreto

Os fiéis que foram à Arena Fonte Nova neste domingo (11) levaram alimentos não perecíveis, que foram doados às Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) e ao Hospital Martagão Gesteira. O gesto concreto foi um pedido da Arquidiocese de Salvador.

Nas redes

Neste domingo, Dom Gilson completou mais um ano de vida. Ao chegar à Arena Fonte Nova, o bispo auxiliar foi acolhido com um caloroso parabéns
Neste domingo, Dom Gilson completou mais um ano de vida. Ao chegar à Arena Fonte Nova, o bispo auxiliar foi acolhido com um caloroso parabéns

Os fiéis que não conseguiram pulseiras de acesso à Arena Fonte Nova puderam acompanhar desde a abertura dos portões até o encerramento da Missa através das redes sociais da Arquidiocese de Salvador. Fotos e vídeos foram postados a todo momento. As hashtags utilizadas foram #ComAMãeAparecida #PartiuFonteNova #RumoAos300Anos.

Os internautas abraçaram e compartilharam as postagens. As redes sociais dos bispos auxilaires Dom Gilson e Dom Estevam também transmitiram a festa para Nossa Senhora Aparecida. “Muito agradecido a Deus pelo encanto da presença de sua Santíssima Mãe em nosso meio”, escreveu Dom Gilson em seu perfil no Facebook. “Salve a mãe de Salvador”, publicou Dom Estevam

Texto e fotos: Sara Gomes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp