Artigo Dom Marco

Pertença e corresponsabilidade

Dom Marco Eugênio Galrão L. de Almeida

Bispo auxiliar

 

Reino de DeusPela graça do Batismo somos incorporados a Cristo e, como membros seus, passamos a pertencer ao seu Corpo, isto é, à sua Igreja. Assim a Igreja nada mais é que o próprio Corpo do Senhor continuando na história, levando à realização o plano eterno de amor e salvação que Deus idealizou, e que se concretizou no Cristo Crucificado e ressuscitado.

Deste modo, tal graça de incorporação batismal implica a responsabilidade de viver dando continuidade histórica ao projeto divino e realizado em Jesus.

Enquanto Deus, o projeto é d’Ele, único responsável por sua Igreja. Mas, incorporados a Ele não somos irresponsáveis diante de tal projeto. Com Ele somos corresponsáveis, cada um cooperando com o que lhe é possível, para a construção e o crescimento do Reino.

Foi à consciência de pertença à Igreja, e de ser corresponsável pelo Reino, que levou Santa Elisabete da Trindade, Carmelita, a rezar: “Senhor, receba minha humanidade como complemento à sua, para continuar amando os homens e construindo seu Reino.”.

Façamos nossas as palavras desta Santa, participando da missão eclesial como dizimistas.

O dízimo é uma expressão concreta dessa corresponsabilidade, reconhecida na Escritura e assumida como compromisso eclesial de membros de Cristo.

Assine nossa News

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

Contatos

© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por