Ano Santo: Arquidiocese de Salvador fechará Portas da Misericórdia

Porta da Misericórdia em Belém de Cachoeira (Recôncavo)
Porta da Misericórdia em Belém de Cachoeira (Recôncavo)

Para encerrar o Ano Santo Extraordinário da Misericórdia, as Portas da Misericórdia abertas em todas as Arqui(dioceses) do mundo serão fechadas. Na Arquidiocese de Salvador, onde foram abertas duas Portas da Misericórdia, está sendo preparada uma programação especial.

No Santuário Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, localizado em Belém de Cachoeira (Recôncavo Baiano), a Porta da Misericórdia será fechada no dia 30 de outubro. Neste dia a programação terá início às 14h com a acolhida dos peregrinos, seguida de louvor e testemunhos; às 15h30 o bispo auxiliar, Dom Hélio Pereira dos Santos, presidirá a Missa e às 16h30 terá o rito de fechamento da Porta da Misericórdia.

É importante ressaltar que em preparação ao dia 30, os fiéis se encontrarão todas as noites no Santuário dedicado a Frei Galvão, sempre às 19h: no dia 25 acontecerá a Festa Litúrgica; no dia 27 será o Cenáculo Eucarístico; a Celebração da Misericórdia será no dia 28; e no dia 29 será realizada a Vigília preparatória para a festa de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, que será celebrada no dia 30 com o fechamento da Porta.

No Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim, localizado no bairro do Bonfim, em Salvador, a Porta da Misericórdia será fechada no dia 13 de novembro, após a Missa das 6h, que será presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. No dia anterior, 12, os fiéis participam de vigílias nas paróquias Nossa Senhora da Penha de França (Penha) e Nossa Senhora dos Alagados e São João Paulo II (Alagados), bem como no Santuário da Imaculada Conceição da Mãe de Deus (Irmã Dulce), todas com início às 22h, em agradecimento pelo término do Ano Santo.

O Ano Santo Extraordinário da Misericórdia, instituído pelo Papa Francisco, cujo lema é Misericordes Sicut Pater (Misericordiosos como o Pai) teve início no dia 8 de dezembro de 2015. Nessa data foi aberta a Porta Santa, localizada na Basílica de São Pedro, em Roma, e nos dias seguintes todas as Arqui(dioceses) do mundo começaram a abrir as portas, estas chamadas de Portas da Misericórdia.

Ano Santo

Porta da Misericórdia na Basílica do Bonfim (Salvador)
Porta da Misericórdia na Basílica do Bonfim (Salvador)

A Igreja deu início à tradição do Ano Santo no ano de 1300, durante o pontificado do Papa Bonifácio VIII, que previu a realização de um jubileu por século. Contudo, para permitir que cada geração vivesse, ao menos, um Ano Santo, em 1475 foi instituído um jubileu ordinário a cada 25 anos. Já um jubileu extraordinário – como o que está sendo vivido desde o dia 8 de dezembro de 2015 e que será encerrado no Vaticano em 20 de novembro de 2016 – é proclamado por ocasião de um acontecimento particular.

Até hoje, 26 Anos Santos Ordinários já foram proclamados, sendo que o último aconteceu no ano 2000. Já os extraordinários aconteceram no último século, e foram dois: em 1933 (proclamado pelo Papa Pio XI, por ocasião do 19º centenário da Redenção) e em 1983 (pelo Papa João Paulo II, pelos 1950 anos de Redenção).

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Assine nossa News

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

Contatos

© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por