Arautos do Evangelho: Nota de Esclarecimento

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Aos meus conterrâneos e irmãos em Cristo,

Saudações afetuosas em Jesus e Maria!

Temos recebido de várias partes manifestações de solidariedade a respeito de vídeos e de notícias envolvendo o nome dos Arautos, de seu Fundador e de uma visita apostólica. As coisas complicadas tornam-se simples quando explicadas à luz da verdade.

Trata-se de vídeos antigos, os quais foram subtraídos de modo indevido, com divulgação alterada. A Associação Arautos do Evangelho tomou as providências necessárias, à luz da Teologia Católica e segundo os princípios do Direito Canônico, e deu o assunto como encerrado.

Quanto à renúncia do Fundador, já estava prevista há certo tempo e se efetivou com serenidade, também de acordo com os fundamentos do Direito Canônico. Com efeito, tendo em vista o grande crescimento e proporção atingidos pela obra nascida de suas mãos, Mons. João Scognamiglio Clá Dias julgou por bem se elevar à posição de mediador junto a Deus pelos seus, a fim de que um de seus filhos espirituais continue a obra por ele começada. Contudo, não caberá a um outro a missão de pai, pois o papel dele junto a seus filhos é insubstituível, uma vez que ele foi por Deus constituído como verdadeiro modelo e guia, ademais de guardião deste carisma.

No que diz respeito à visita apostólica, ela pode ocorrer em qualquer momento junto a um instituto religioso. É fato natural, visa ajudar nas orientações e objetivos em todos os níveis.

Por fim, concluímos com Santo Irineu, afirmando que “a diversidade de carismas, os ministérios, a glorificação do Pai, tudo isto, como uma sinfonia bem composta e harmoniosa, Ele [Jesus] manifestou aos homens, no tempo próprio, para seu proveito. Porque onde há composição, há harmonia; onde há harmonia, tudo acontece no tempo próprio; e quando tudo acontece no tempo próprio, há proveito.” (Do Tratado contra as heresias, de Santo Irineu, bispo, Lib. 4, 20, 6)

Na Solenidade dos Apóstolos Pedro e Paulo, renovamos nossa total fidelidade à Cátedra de Pedro, e confirmamos nossa adesão ao Magistério, com o coração e com o labor em prol da salvação das almas.

São Paulo, 29 de junho de 2017.

Pe. Alex Barbosa de Brito, EP

Conselheiro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Assine nossa News

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

Contatos

© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por