Com o tema “Educar para a democracia”, foi lançada a 2ª edição da revista MEB de Educação Popular

O Movimento de Educação de Base (MEB), organismo vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), lançou a segunda edição da Revista MEB de Educação Popular. A publicação anual tem como tema para este ano “Educar para a Democracia”.

Em entrevista para o portal Vatican News, a assessora pedagógica do MEB e editora executiva da revista, irmã Claudia Chesini, explicou que o objetivo dessa segunda edição é refletir sobre o papel fundamental da educação no estabelecimento e fortalecimento de uma sociedade democrática.

“Em um tempo caracterizado pela visão dicotômica da realidade, onde apenas distinguimos a cor preta da cor branca, sem dar atenção a existência da cor cinza e de seus diversos tons, fazer o exercício da reflexão sobre esta situação, especialmente sob o enfoque da democracia, é de fundamental importância para o Movimento de Educação de Base”, destaca.

A religiosa também explica que essa reflexão não observa a democracia concebida como forma de governo, mas da participação ativa dos cidadãos na vida pública e social, tendo em vista o aperfeiçoamento da convivência harmônica entre as pessoas e entre os grupos sociais e a criação de condições de bem-estar social.

“A educação para a democracia é de responsabilidade da sociedade, especialmente das instituições de ensino. Não somente das escolas formais e das universidades, mas também a educação popular que ao longo de sua existência tem demostrado seu compromisso. O MEB recebeu esta herança dos seus fundadores e das gerações seguintes e continua contribuindo com a democracia em nosso país”, partilha irmã Cláudia.

A publicação

A revista MEB de Educação Popular é um periódico eletrônico anual do MOVIMENTO DE EDUCAÇÃO DE BASE – MEB e teve sua primeira publicação em setembro de 2021. Foi construída dentro do processo de educação popular, com a contribuição de pessoas que ao longo dos 60 anos do MEB trabalharam no movimento.

Seu conteúdo é constituído de artigos inéditos, resultantes de pesquisas científicas ou de revisão, resenhas, depoimentos e entrevistas. O objetivo é divulgar pesquisas e estudos vinculados ao campo da educação popular, desenvolvidos por pesquisadores e educadores populares, bem como implementar um canal de diálogo com pessoas que compreendem a contribuição desta prática educativa para a educação brasileira.

O periódico é oferecido na versão digital e sem custos, “seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização do conhecimento”.

Para baixar, acesse a página do MEB

Fonte: CNBB