Confira fotos da Missa dos Santos Óleos na Catedral Basílica do Santíssimo Salvador

Em torno do altar, padres do clero da Sé Primacial do país renovaram as Promessas Sacerdotais na manhã desta Quinta-feira Santa, durante a Santa Missa do Crisma, também chamada de Missa dos Santos Óleos ou da Unidade, celebrada na Catedral Basílica do Santíssimo Salvador, sob a presidência do Arcebispo de São Salvador da Bahia, Primaz do Brasil, Cardeal Dom Sergio da Rocha. Antes da Celebração Eucarística, os cônegos – membros do Cabido Metropolitano – entoaram as Laudes.

Logo após a homilia, os sacerdotes presentes renovaram as Promessas Sacerdotais, assumidas com alegria diante da Igreja no dia da Ordenação Sacerdotal de cada um. Aos fiéis presentes, Dom Sergio perguntou se continuam rezando pelos presbíteros, e eles responderam: “Cristo ouvi-nos, Cristo atendei-nos”. Dom Sergio também pediu orações por ele, pelos bispos auxiliares, Dom Marco Eugênio Galrão, Dom Dorival Barreto e Dom Valter Magno, e pelo Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Salvador, Dom Murilo Krieger.

Em seguida teve início o rito de bênção dos óleos. Ao todo, 33 litros de azeite de oliva, divididos em três ânforas, foram levados ao altar. O óleo dos catecúmenos, que é usado no Batismo) e o da Unção dos Enfermos foram abençoados. Já o óleo do Crisma foi consagrado; este óleo será utilizado ao longo do ano nas unções consecratórias dos seguintes sacramentos: Batismo (quando o batizado é ungido na fronte, após a imersão nas águas), Confirmação (também na fronte), Ordenação Episcopal (sobre a cabeça do novo bispo) e na Ordenação Sacerdotal (na palma das mãos do neo-sacerdote).

Ao óleo do Crisma – que também é utilizado em outros ritos, como na dedicação de uma Igreja e na consagração de um altar – o Cardeal misturou bálsamo perfumado, que significa a plenitude do Espírito Santo e, logo em seguida, soprou sobre o óleo.

Abaixo, veja fotos. Para conferir a cobertura, clique aqui.

Fotos: Sara Gomes