Consep: apresentada a pesquisa sobre a animação bíblica da Pastoral da Igreja no Brasil

O Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) está reunido nesta quarta-feira, de forma virtual. Na sessão desta manhã, foram apresentadas as análises de conjuntura eclesial e social aos participantes do encontro. A análise eclesial oferecida neste mês consiste numa pesquisa a respeito da animação bíblica da pastoral, por ocasião dos 50 anos do Mês da Bíblia e com o objetivo de compreender o cenário que recepciona o Estudo 114 da CNBB “E a Palavra habitou entre nós”, aprovado na última Assembleia Geral da Conferência.

O arcebispo de Brasília e presidente do Instituto Nacional de Pastoral Padre Alberto Antoniazzi (Inapaz), dom Paulo Cézar Costa, explicou que a equipe quis realizar a análise a partir de um aspecto da vida da Igreja, no caso, a animação bíblica da pastoral. “Diante do todo, foi feita uma opção epistemológica de olhar apenas um aspecto. Isto para analise eclesial está em sintonia com as Diretrizes Gerais da Igreja no Brasil e com aquilo que a Conferência está propondo – relembro que este ano nós trabalhamos este texto de estudos ‘E a Palavra habitou entre nós’”.

Realidade da animação bíblica

A coleta de dados, por meio de análise estratégica de cenário, contou com o apoio dos secretários executivos dos Regionais e dos coordenadores de Comissões Bíblico-Catequéticas que responderam, à exceção do Nordeste 1, sobre a realidade da animação bíblica da pastoral.

Cenário interno

Foram considerados dois cenários para a análise, o eclesial interno e o eclesial externo. O primeiro diz respeito aos atores, às expressões eclesiais, à estrutura, às metodologias, aos subsídios e às dinâmicas pastorais das dioceses e regionais que podem se caracterizar como pontos fortes e pontos fracos da animação bíblica da Pastoral. Destacam-se como fatores positivos nesse cenário experiências como a formação bíblico-catequética, os círculos bíblicos, a Lectio Divina e programas bíblicos nas diferentes mídias, por exemplo.

Por outro lado, foram apontadas, entre outras fraquezas, a deficiência na formação dos catequistas; o caráter de transmissão de conteúdo da catequese, que não é vivencial; o enfraquecimento da experiência dos círculos bíblicos; a dificuldade de recepção do método da Lectio Divina; e a ‘ideologização’ e ‘instrumentalização’ da Palavra de Deus.

Cenário externo

Quanto ao cenário eclesial externo, são considerados aspectos sociais, econômicos, culturais, políticos, ambientais e tecnológicos do ambiente externo às diocese e regionais que são capazes de favorecer positivamente ou comprometer negativamente a animação bíblica. Os resultados mostram que o cenário de crises, a falta de investimento para aquisição de bíblia e subsídios, a pandemia, a secularização, o materialismo, a extensão geográfica e as dificuldades de acesso à internet são algumas das ameaças.

Por outro lado, são oportunidades, o desenvolvimento da animação bíblica da pastoral nas famílias, as novas tecnologias, a instituição do ministério de catequista no âmbito da Igreja Universal e os resultados do Sínodo da Amazônia, entre outros apontamentos.

Após a apresentação dos dados feita pelo secretário do Inapaz, padre Danilo Pinto dos Santos, os padres Waldecir Gonzaga e Boris Nef Uloa fizeram a análise interpretativa dos resultados, pontuando elementos para reflexão e posterior prospecção dos cenários eclesiais.

Círculos Bíblicos

Os bispos acolheram positivamente a análise, mas, preocupados com alguns resultados, como o enfraquecimento dos círculos bíblicos, pediram a oferta de indicações. O arcebispo de Curitiba (PR) e presidente da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, dom José Antônio Peruzzo, afirmou que a iniciação à vida cristã e a animação bíblica da pastoral não podem ser algo que se prende no tempo. Para ele, “se quisermos voltar aos círculos bíblicos, a iniciação à vida cristã pode ser um valioso instrumento” para recuperar essa prática nos novos tempos, “com paradigmas novos”. Mas é preciso ser “perseverantes ao longo de décadas”.

Conjuntura de crises e tensões

A análise de conjuntura eclesial abordou os diversos temas na pauta da sociedade brasileira, que vive “uma conjunção de diversas crises” e “com muitas tensões”. Foram lembradas as crises econômica, hídrica e ambiental, a situação “muito grave no campo dos direitos humanos” e a má situação da vida política e social do país. Neste último ponto, dom Francisco de Lima, bispo de Carolina (MA), afirmou que “as ruas estarão na pauta da política nas próximas semanas”.

Na apresentação da análise foram recordados alguns acontecimentos das últimas semanas no cenário sociopolítico brasileiro, as reações e estratégias por traz desses fatos, suas consequências e sinais de esperança para o futuro. O grupo também ofereceu sugestões de iniciativas frente à realidade atual.

A análise completa está na página das Análises de Conjuntas da CNBB: https://www.cnbb.org.br/analisedeconjuntura/

Ministério de Catequista

A Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética apresentou ao Consep uma proposta de critérios e de itinerário formativo para o ministério de catequista, conforme estabelecido pelo Papa Francisco na carta apostólica Antiquum Ministerium. Dom José Antônio Peruzzo apresentou a proposta construída pela Comissão com o apoio do Grupo de Reflexão Bíblico-Catequética (Grebicat). O material será apreciado pelos bispos do Conselho Permanente de modo que receba sugestões e depois seja encaminhado para aprovação.

 

O período da manhã também foi de partilhas das atividades das Comissões Episcopais Pastorais e de avaliação de eventos recentes, como o I Encontro com Parlamentares Católicos a serviço do Povo Brasileiro e o Webinário sobre o Motu Proprio Traditionis Custodes.

Fonte: CNBB

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Assine nossa News

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

Contatos

© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por