Preparação para a 59ª AGCNBB está sendo finalizada

O bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Joel Portella Amado, junto aos subsecretários adjunto-geral e de pastoral, padre Patriky Samuel Batista e padre Marcus Barbosa, promoveram na tarde da sexta-feira, 22 de julho, uma reunião com os colaboradores e assessores da entidade que desempenharão funções na organização da etapa presencial da 59ª Assembleia Geral (AG) da CNBB, a ser realizada de 29 de agosto a 2 de setembro próximo, em Aparecida (SP).

A finalidade da reunião, segundo o subsecretário adjunto-geral, padre Patriky Samuel Batista, foi apresentar ao grupo de colaboradores e assessores o formato e os objetivos desta etapa presencial tendo em vista a melhor organização para a prestação de serviços na realização da Assembleia. Parte do grupo de assessores e colaboradores participaram da reunião de forma remota.

Temas a serem votados

Ao explicar o desenho da etapa presencial, o secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado, disse tratar-se de um fase que será dedicada à votação dos temas que, estatutariamente, exigem a presencialidade do episcopado, como as atualizações no Estatuto da CNBB, o Novo Missal, Ministério do Catequista, Tema Central da 60ª Assembleia Geral da CNBB e Estudo nº 114 da CNBB cujo título é: “E a Palavra habitou entre nós” (Jo 1,14): Animação Bíblica da Pastoral a partir das comunidades eclesiais missionárias”, aprovado pela 58ª AG da CNBB.

Dom Joel disse também que, além das votações, será realizado o retiro dos bispos e momentos que marcarão as comemorações dos 70 anos da CNBB. Diferente das assembleias presenciais anteriores, nesta assembleia a missa não será realizada de manhã mas às 18h, todo os dias. O objetivo é ganhar mais tempo para garantir a realização de duas sessões, na parte da manhã, cujo horário será estendido até 12h30 para garantir a votação dos temas. Após o almoço, as tardes, serão dedicadas às reuniões reservadas dos bispos.

A segunda parte da reunião, após ser apresentada a pauta, foi dedicada a discutir em detalhes sobre o trabalho a ser realizado em cada  frente de trabalho: acolhida, comunicação, liturgia, equipe de relatoria, credenciamento, secretaria, entre outros.  Ao final, dom Joel agradeceu o trabalho de todas as pessoas que vão colaborar com a realização da etapa presencial, especialmente daqueles e daquelas com famílias e filhos e que terão que ficar afastados de casa durante a realização do evento.

Fonte: CNBB

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Assine nossa News

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

Contatos

© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por
© Copyright Arquidiocese de São Salvador Bahia. Feito com por