O Evangelho do Reino de Deus

O Reino de Deus, manifestação de sua soberania salvadora, e sua realização constituem o tema central da pregação e da vida de Jesus. Em sua pessoa, o Reino já se fazia presente. Realizavam-se as profecias que anunciavam a vinda do Messias: a Boa Nova era anunciada aos pobres, a libertação aos presos e oprimidos, a recuperação da vista aos cegos e era proclamado o tempo da graça do Senhor (cf. Lc 4, 18).

Encontrar, compreender e seguir Jesus é experimentar o Reino de Deus, cuja realidade se exprime como presente no “já” da história, mas “não totalmente ainda”. Em outras palavras, o Reino inaugura o início da salvação já aqui na história, mas não se identifica com nenhuma instância histórica. Sua realização plena se reserva para a dimensão futura da existência.

Texto retirado do livro “Sou Católico, vivo a minha fé”, página 42.